O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Novidades

SENADO CRIMINOSO

By on julho 27, 2015
Senado Criminoso Capa

Já é sabido que o legislativo nacional se corrompeu à subserviência dos interesses de seus legisladores, fato que coloca o povo brasileiro na berlinda do acaso e da sorte, como é o casso da flexibilização da Lei 12.619/2012, que regulamenta o tempo de descanso “vital” para o profissional  do transporte rodoviário. 

Senadores aprovaram o Projeto de Lei Complementar 41/2014 que altera o tempo permitido de direção contínua dos motoristas de carga, ou seja, sem intervalos de descanso. 

De acordo com o texto, a jornada diária do motorista profissional continua a ser de oito horas, com possibilidade de duas horas extras, totalizando o máximo de dez horas. O texto da Câmara permitia a extensão das horas extras, se decidido em convenção ou acordo coletivo, o que poderia levar a jornada a 12 horas. 

Ora, lembremos que boa parte dos sindicatos do transporte, desde os menores até os de grau superior como federações e confederações, são instrumentos  cabíveis de corrupção e chegam a ser considerados como organizações criminosas, pois a própria constituição inibe o governo e seus fiscalizadores de auditar suas contas, abrindo assim portas largas para propina de empresários e enriquecimento ilícito de seus diretores, enquanto o trabalhador é, literalmente , obrigado a cumprir jornadas exaustivas de trabalho acordadas em convenção, sem o consentimento dos representados que em sua grande maioria se encontram no trecho  sem poder  opinar ante os acordos firmados “pelas entidades que os representam”. 

 Acompanhe depoimento do motorista que alarmou a comissão na câmara. 

A ampliação do tempo tolerado de direção contínua foi duramente criticada pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR). Segundo ele, estudo de pesquisador da Universidade Estadual Paulista (Unesp) concluiu que o risco de acidentes triplica com o aumento do tempo ininterrupto de direção de 4 horas para 5,5 horas. O senador também afirmou que a sonolência ao volante causa 22 mortes por dia no país. 

Para Requião, a mudança “legitima o genocídio” nas estradas, faz dos motoristas potenciais suicidas e homicidas e mantém a sociedade refém de um trânsito inseguro. Para ele, a questão econômica não pode se sobrepor às vidas das pessoas. 

- É claro que os pequenos empresários estão com problema de custo, mas esse problema de custo não pode ser resolvido à custa do sacrifício do trabalho do motorista. Que se resolva o problema de custo com diminuição de impostos, com diminuição do preço do combustível, mas não com a escravização do trabalho nas estradas – afirmou.

One Comment

  1. Virtual Private Servers

    29 de agosto de 2017 at 9:43

    Jorge Viana, por exemplo, alertou que os brasileiros pagam as passagens aereas mais caras do mundo e os valores para o transporte de bagagens ja divulgados pelas empresas de aviacao tambem sao muito elevados. Segundo o senador, nos voos domesticos da Latam, a cobranca pode chegar a duzentos reais por bagagem.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


quatro − 2 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>